Início Historia

Historia

[vc_custom_heading text=”História” font_container=”tag:h2|text_align:center|color:%23ffffff”]

Borborema, município no estado da Paraíba (Brasil), localizado na microrregião do Brejo
Paraibano. De acordo com o IBGE(Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), no ano
de 2009 sua população era estimada em 5.186 habitantes. Área territorial de 26 km².
Primeira cidade brasileira a possuir uma hidroelétrica construída por alemães que
moravam na região. Realiza no mês de janeiro a melhor festa de São Sebastião da região.

História
A ocupação das terras onde hoje se localiza o município iniciou-se em 1912 com a
aquisição de terras pelo advogado José Amâncio Ramalho, vindo da cidade vizinha de
Araruna – PB. Ramalho construiu um açude e a seguir uma hidrelétrica que forneceu
iluminação às cidades de Pilões, Serraria, Solânea, Bananeiras e a própria Borborema
até 1962. Posteriormente, instalou uma despolpadeira de arroz e um fecularia. Isto deu
origem à vila de Camucá, que originaria a sede do município. Em 1913, o trem chegou à
região, ajudando a consolidar o povoamento, que se expandia graças à agricultura. Na
década de 20 do século XX foi construída da igreja de Nossa Senhora do Carmo8
José Ramalho, muito empreendedor, teve a preocupação de contratar um engenheiro
para planejar a cidade.
Percebe-se tal marco onde as ruas são todas largas e com mão e contra-mão
complentamente separadas por canteiros de árvores, e as ruas são feitas em blocos
todas com saídas distintas. Logo após a vontade de emancipar-se tomou conta dos
grandes homens da vila que recebeu dentre outros nomes: Camucá, Borborema, Boa
Vista e por fim Borborema.
De acordo com a Lei 2.133 de 18 de Maio de 1959, foi elevado à categoria de município
com a denominação de Borborema, desmembrado de Bananeiras. A Lei 1.198 de 2 de
Abril de 1955 que fixa a divisão administrativa e judiciária do estado:
Art 1 – É criado o município de Borborema. Com seguintes limites:
– Município de Bananeiras partindo do ponto onde o riacho bananeiras penetra em
Pirpirituba onde na margem esquerda deste mesmo riacho e por ela seguindo até a
cachoeira do roncador; prossegue daí em linha reta até o cruzamento da linha férrea
Pirpirituba-Borborema, com a linha férrea no lugar de samambaia, prosseguindo por esta
linha férrea até a fecularia do Dr. José Amâncio, onde seguem em linha reta a antiga
estação ferroviária de Manitú, continuando desta também em linha reta até encontrar com
a divisa do município de solânea passando entre as casas sedes do engenho Canafístula
e Câmará.
Art 9 – A presente Lei entrará em vigor no dia 1° de Novembro de 1959. Sendo fica
facultado que a data de emancipação política desta não é 1° de novembro. O primeiro
prefeito nomeado pelo governador do estado foi o Sr. Antônio Costa.
Prefeita Atual: Maria Paula Gomes Pereira, que ocupou o cargo em 2013

As ruas bem definidas, as casas em estilo barroco, a própria casa do fundador da cidade
que fica em frente a um grande largo que dá de frente com a Igreja Matriz, a curiosidade
fica por conta de que a torre da Igreja Católica pode ser vista de qualquer ponto da
cidade.
Na cidade ainda encontramos a famosa “Ilha da Fantasia”, ideia do prefeito Amâncio
Ramalho, que na década de 1990atraiu grande quantidade de turistas para a região e
ainda hoje se pode comer diariamente no local além de poder admirar a bela vista da
natureza do brejo paraibano.

Page Reader Press Enter to Read Page Content Out Loud Press Enter to Pause or Restart Reading Page Content Out Loud Press Enter to Stop Reading Page Content Out Loud Screen Reader Support