Nesta segunda-feira, 26 de agosto, os Secretários de Desenvolvimento Social Elenice Ferreira e Israel Nascimento, juntamente com a Coordenadora do CRAS Ageandra Jéssica participaram da Capacitação Família que Acolhe.

O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) sofreu uma alteração há dez anos no artigo 34 e passou a prever como forma preferencial de acolhimento de crianças e de adolescentes em situação de vulnerabilidade social a acolhimento familiar.

E nesta segunda-feira 26 de agosto, a Secretária de Desenvolvimento Social Elenice Ferreira, o coordenador da juventude Israel Nascimento e a Coordenadora do CRAS Ageandra Jéssica participaram da Capacitação Família que Acolhe, onde a FUMUP e Ministério Público da Paraíba, se unem com o propósito de capacitar Prefeitos e Secretários de Assistência Social sobre o papel e o poder da FAMÍLIA QUE ACOLHE. Na oportunidade foi apresentado diversos temas FAMÍLIA QUE ACOLHE: PELO DIREITO DE VIVER EM FAMÍLIA, com a doutora em Educação Shielry Elziane, a Assistente Social e Coordenadora do Serviço de Acolhimento Familiar de Cascavel/PR Neusa Cerutti e o 31 ° Promotor de Justiça de João Pessoa Criança e Adolescente e Coordenador do Centro de Apoio de Operacional às Promotorias de Defesa da Criança e do Adolescente do MPPP, Alley Borges Escorel.

COMPARTILHAR