Prefeitura realiza ação de conscientização sobre Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes

A Prefeitura Municipal de Borborema, por meio da Secretaria de Desenvolvimento Social, juntamente com as equipes do Serviço de Convivência e Fortalecimento de Vínculos e do CMDCA (Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente), realizou nesta terça-feira, 18 de maio, uma ação para esclarecimento sobre a importância da comemoração desta data sobre a conscientização e cuidados sobre o tema “abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes”.

Neste dia, 18 de maio, é celebrado o Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes. Diariamente crianças e adolescentes são expostas a diversas formas de violência nos mais variados ambientes por elas frequentados. Dessa forma, a família, a sociedade e o poder público devem ser envolvidos na discussão e nas atividades propostas em relação à prevenção ao abuso e exploração sexual, alertando principalmente que as vítimas, em sua grande maioria, não tem a percepção do que é o abuso sexual.

A violência sexual de crianças e adolescentes pode ocorrer em várias idades (incluindo bebês), e em todas as classes sociais, podendo ser de várias formas, como:

  • abuso sexual: a criança é utilizada por adulto, ou até um adolescente, para praticar algum ato de natureza sexual;
  • exploração sexual: usar crianças e adolescentes com propósito de troca ou de obter lucro financeiro ou de outra natureza em turismo sexual, tráfico, pornografia, ou também em rede de prostituição.

POR QUE ESSA DATA FOI ESCOLHIDA PARA TRATAR DESTE TEMA? 

Esta data foi determinada oficialmente pela Lei 9.970/2000, em memória à menina Araceli Crespo, de 08 anos de idade, que foi sequestrada, violentada e assassinada em 18 de maio de 1973. Portanto, o Comitê Nacional de Enfrentamento à Violência Sexual de Crianças e Adolescentes incentiva que em todo o Brasil sejam realizadas ações que visem alertar toda a sociedade sobre a necessidade da prevenção à violência sexual.

Portanto, havendo alguma suspeita é possível fazer a denúncia por meio do canal Disque 100. A ligação é gratuita, funciona todos os dias da semana, 24h por dia, inclusive sábados, domingos e feriados. A denúncia também pode ser feita na Polícia Militar através do número 190. O sigilo é garantido, e as ligações podem ser feitas por aparelhos fixos ou móvel.

Proteja Nossas Crianças e Adolescentes.

COMPARTILHAR