Prefeitura de Borborema assina convênio com a PMPB para implantação do Proerd no município

O município de Borborema formalizou nesta quinta-feira, 28 de julho, o Convênio com a Instituição da Polícia Militar da Paraíba para que o município seja contemplado com o Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência).

Foi realizada uma reunião, em ato contínuo, com os país dos alunos que estão matriculados no 5º e 7º ano, com o objetivo de apresentar, tanto aos pais quanto aos responsáveis, qual é a finalidade desse projeto, que vem sendo de fundamental importância na tomada de decisões e direcionamento correto para que as crianças e os adolescentes fiquem longe das drogas e da violência. O Programa no município de Borborema será ministrado pelos Cbs Iara Teles e Visnei.

A prefeita Gilene Cândido assinou o convênio, firmou a parceria e agradeceu a todos os que fazem parte da Polícia Militar, em especial ao Comandante do 4º Batalhão, Tenente Coronel Sinval, pela parceria entre Polícia, Escola e Comunidade.

A secretária de educação, Elis Patrícia, também agradeceu a parceria com a Polícia Militar, e enfatizou a importância do Programa para o aprendizado e para o direcionamento das crianças e adolescentes, que vem para somar força com os professores e com os pais dos alunos, com o objetivo de intensificar a fortalecer ainda mais os cuidados e proteção do alunado. Na oportunidade, a secretária também parabenizou a participação e busca pela parceria de outras escolas do município.

O Proerd é um Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência desenvolvido pela Polícia Militar em parceria com escolas públicas e particulares, busca conscientizar crianças e jovens sobre a importância de manter-se longe das drogas e da violência. Consiste, portanto, num esforço cooperativo entre a Polícia Militar, a Escola e a Família, e se destina a evitar que crianças e adolescentes em fase escolar iniciem o uso abusivo das diversas drogas em nosso meio, despertando-lhes a consciência para este problema e também para a questão da violência.

Da Assessoria
Prefeitura de Borborema

COMPARTILHAR